RSS

nunca dei um passo que fosse o correcto…

04 Mar

A vida vai torta
Jamais se endireita
O azar persegue
Esconde-se à espreita

Nunca dei um passo
Que fosse o correcto
Eu nunca fiz nada
Que batesse certo

Refrão:
Enquanto esperavas no fundo da rua
Pensava em ti e em que sorte era a tua
Quero-te tanto…(quero-te tanto)
Quero-te tanto…(quero-te tanto)

De modo que a vida
É um circo de feras
E uns entre tantos
São as minhas feras

Nunca dei um passo
Que fosse o correcto
Eu nunca fiz nada
Que batesse certo

Refrão:
Enquanto esperavas no fundo da rua
Pensava em ti e em que sorte era a tua
Quero-te tanto…(quero-te tanto)
Quero-te tanto…(quero-te tanto)

Advertisements
 
3 Comentários

Publicado por em 4 de Março de 2011 em circo de feras, eu, música, vida, xutos e pontapés

 

Etiquetas: , , , ,

3 responses to “nunca dei um passo que fosse o correcto…

  1. jorgemiguelcs

    4 de Março de 2011 at 16:08

    “A vida vai torta
    Jamais se endireita
    O azar persegue
    Enconde-se à espreita

    Nunca dei um passo
    Que fosse o correcto
    Eu nunca fiz nada
    Que batesse certo”

    como entendo…

     
  2. Anónimo

    6 de Dezembro de 2011 at 15:11

    um dia você acerta

     
    • jorgemiguelcs

      9 de Dezembro de 2011 at 11:53

      Talvez eu já tenha acertado, e os outros tenham falhado para comigo… Não sei…

       

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: