RSS

eu IV

14 Maio

Hoje sinto-me a naufragar no meu próprio ser, perdido de dúvidas num mar de incertezas… Não consigo nadar para fora deste sentimento, para fora deste mar que me asfixia a existência. Procuro à volta por uma bóia, por um salva vidas, mas, não te encontro em lado nenhum. Já não tenho forças, afundo-me debaixo desta linha ténue que é a sanidade e afogo-me nesta loucura que é a tua ausência, o teu silêncio, o não te sentir… Há momentos em que morrer seria bom demais e este é um deles…

às vezes apetece-me apenas deixar-me ir


Advertisements
 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 14 de Maio de 2011 em amor, vida

 

Etiquetas: ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: