RSS

Arquivos diários: 5 de Junho de 2011

desejo e paz

“A libertação do desejo conduz à paz interior.”

Lao-Tsé

Todos os desejos não realizados concentram-se numa descompensação que nos rouba a paz…

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 5 de Junho de 2011 em desejo

 

Etiquetas: ,

música XI

Virei-me para a música hoje, sempre me preenche um bocado a alma. Adoro a letra desta música…

Underground Sound Of Lisbon – So Get Up

The end of the earth is upon us
Pretty soon it’ll all turn to dust

So get up
Forget the past

Go outside
Have a blast

Go a thousand miles in a jet airplane
Go out of your mind go insane

To a place you never been before
Eat ice cream our you’ll lick the floor

Cuz, the end of the earth is upon us
Pretty soon it’ll all turn to dust

Goodbye my friends
Goodbye world

I’ll see you in the next life

 
 

Etiquetas: ,

música X

Hoje vou deixar esta música que adoro, e quero dedicá-la ao meu pai. Obrigado pai pelo teu abandono, que me leva a sentir muita coisa que não devia, que transformou nisto que sou hoje, que me faz sentir muito mais a rejeição dos outros. Mais uma vez, muito obrigado meu pai, mas não esqueço que, pai, para mim, nunca foste.

System Of A Down – Chop Suey!

Wake up (Wake up)
Grab a brush and put a little makeup
Hide the scars to fade away the shake up
(Hide the scars to fade away the)
Why’d you leave the keys upon the table?
Here you go create another fable

You wanted to
Grab a brush and put a little makeup
You wanted to
Hide the scars to fade away the shake up
You wanted to
Why’d you leave the keys upon the table?
You wanted to

I don’t think you trust
In my self righteous suicide
I cry when angels deserve to DIE!!
(Ahh)

Wake up (Wake up)
Grab a brush and put a little makeup
Hide the scars to fade away the
(Hide the scars to fade away the shake up)
Why’d you leave the keys upon the table?
Here you go create another fable

You wanted to,
Grab a brush and put a little makeup
You wanted to,
Hide the scars to fade away the shake up
You wanted to,
Why’d you leave the keys upon the table?
You wanted to

I don’t think you trust
In my self righteous suicide
I cry when angels deserve to die
In my self righteous suicide
I cry when angels deserve to die!

Father! (Father!)
Father! (Mother!)
Father! (Fuck You!)
Father!

Father, into your hands,
I commend my spirit!
Father into your hands,

Why have you forsaken me?
In your eyes, forsaken me
In your thoughts, forsaken me
In your heart, forsaken me

Trust in my self righteous suicide
I cry when angels deserve to die
In my self righteous suicide
I cry when angels deserve to die.

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 5 de Junho de 2011 em angústia, música, System Of A Down, vida

 

Etiquetas: , , ,

portugal V

Hoje, pela primeira vez na minha vida, fui votar. Nunca votei porque sou mesmo contra este sistema todo e, arrisco-me a dizer que a democracia aqui não funciona. Mas nestas eleições, e como o país se encontra, era obrigatório todos nós exercermos o nosso direito de escolha e mostrarmos que como está não pode continuar, mostrarmos que não queremos o mesmo caminho irresponsável que temos tido, para mostrarmos que uma mudança é necessária. Espero que isto melhore, que não fique como está nem piore. Força Portugal…

Última Sondagem Eurosagem:

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 5 de Junho de 2011 em política, portugal

 

Etiquetas: ,

vida XV

Era tão bem mais fácil termos um botão para apagarmos todas as más memórias da nossa mente, ficávamos apenas com tudo o que era bom e que não nos fizesse mal…

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 5 de Junho de 2011 em vida

 

Etiquetas:

vida XIV

Hoje apetecia-me renascer, morrer e renascer num ser completamente novo, sem as coisas más do passado e com um futuro pela frente. Renascer outra pessoa, noutro mundo, noutro tempo, noutro espaço, noutra realidade, noutra liberdade, noutra vida, noutra existência…

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 5 de Junho de 2011 em morte, vida

 

Etiquetas: ,

vida XIII

Por vezes o melhor da vida é a morte…

Por vezes o melhor da luz é a escuridão…

Por vezes o melhor do som é o silêncio…

Por vezes o melhor do dia é a noite…

Por vezes o melhor da companhia é a solidão…

Por vezes o melhor da paz é a guerra…

Por vezes o melhor do amor é o ódio…

Por vezes o melhor de algo é o seu elemento antagónico…

Por vezes o pior é, sem dúvida, o melhor…

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 5 de Junho de 2011 em morte, vida

 

Etiquetas: ,

 
%d bloggers like this: