RSS

amor LI

13 Set

Só há uma condição tão forte
Tão profunda que se contraria
Tão paradoxal que os extremos
São contraditoriamente possíveis
Essa condição é o amor incondicional
Apenas o amor é capaz de, sendo amor
Nos proporcionar tão intensamente
A vida ou a morte
O paraíso ou o inferno
O sonho ou o pesadelo
A salvação ou a condenação
A realização ou a frustração
A construção ou a destruição
A felicidade ou a infelicidade
O prazer ou a dor
A euforia ou a depressão
O tudo ou o nada
A ilusão ou a desilusão
O gosto ou o desgosto
O anjo ou o demónio
A paz ou a guerra
Só o amor é assim, incondicionalmente
Condicional à condição de ser amor…
Só o amor consegue devolver a vida
Assim como pode condenar à morte
Mas, contrariamente, ao que se conclui
Amor pode ser morte, mas…
Vida sem amor já é morte

Anúncios
 
2 Comentários

Publicado por em 13 de Setembro de 2011 em amor, paradoxo

 

Etiquetas: ,

2 responses to “amor LI

  1. Paulo Santos

    14 de Setembro de 2011 at 13:32

    “Se tão contrário a si é o mesmo Amor?”

     
    • jorgemiguelcs

      14 de Setembro de 2011 at 18:28

      Camões, talvez a melhor interpretação que já li do que é o amor…

       

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: