RSS

(des)ilusão

19 Set

Já escrevi sobre isto, as pessoas não nos desiludem, apenas destroem a ilusão que nós próprios criamos sobre elas. O único culpado das “desilusões” somos nós mesmos por criarmos, erradamente, estas ilusões. As pessoas são o que são, raramente ou nunca mudam, e quando o fazem é sempre para pior. Se nós não vemos a pessoa como ela é, independentemente se usam máscaras ou não, o erro é nosso de nos desiludirmos com elas. Quando as desilusões são muitas temos tendência para nos fecharmos ao mundo, para nos isolarmos das pessoas, numa auto exclusão supostamente protectora. Custa-nos a confiar em mais alguém, custa-nos deixar outro ser entrar na concha da nossa vida. Sofremos com a solidão mas o sofrimento é menor do que deixarmos mais alguém magoar o nosso ser, que já está frágil. Não podemos é deixar, como eu faço erradamente, que isso nos impeça de viver e nos impeça de sermos felizes. Desistir nunca é opção, embora eu já o tenha feito…

Anúncios
 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 19 de Setembro de 2011 em desilusão, mundo

 

Etiquetas: ,

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: