RSS

o meu mundo #2

04 Abr

Don’t let someone become your everything because when they’re gone you have nothing.

????????

Faz-me pensar, sempre pensei que no amor a entrega teria de ser total, como sempre o fiz. Mas, agora penso que isso também é mau, quando nos damos a alguém totalmente e esse mesmo alguém é tudo para nós, se acabar, o sofrimento também é do tamanho do universo, do mesmo tamanho do nosso amor e do mesmo tamanho que a pessoa é para nós… Agora penso no que é melhor…

Advertisements
 
2 Comentários

Publicado por em 4 de Abril de 2012 em amor

 

Etiquetas:

2 responses to “o meu mundo #2

  1. Anónimo

    5 de Abril de 2012 at 9:04

    Again, cometi o mesmo erro, e nem sequer posso culpa-la por isso……… ela era tudo o que eu evitava numa pessoa, bem mais nova, 20 anos, uma filha com 3, umas religião diferente, Testemunha de Jeová. O meu problema foi ter visto nela alguém que quer dar a volta por cima na vida, quer acertar o passo, ter uma vida normal, dentro do possível…….. foi por ai q eu fui conquistado, não teve a ver com o sexo, nem com a forma despreocupada com q o relacionamento seguia……… Quem não se apaixona e segue cegamente alguém decidido a corrigir a sua vida e disposto a levar uma pessoa mais na viagem? O único problema foi ter descoberto que esse lugar estava ocupado bem antes do barco zarpar. Fiquei em terra firme, em segurança, mas não pude evitar olhar para o barco a passar. Não me é possível saber o destino ou sorte de tal expedição.
    Corro todos os Cais, não em busca de noticias mas em busca de um novo destino pois a terra firme onde fiquei parece estar a alagar e a querer engolir-me com o sentimento de perda com que fui atingido. Quero que tudo isto termine, apenas será possível com um destino novo.

    Desculpa usar este teu espaço desta forma. abraço

     
    • jorgemiguelcs

      6 de Abril de 2012 at 22:29

      Como entendo as tuas palavras, só posso desejar que encontres outro destino, que zarpes nessa viagem rumo a um porto repleto de felicidade, com mais alguém cuja companhia já seja o destino, já seja a felicidade. A segurança da terra firme nunca é sinónimo de felicidade quando quem amamos parte numa viagem e leva todo o significado de viver…
      Boa sorte amigo e felicidades.
      Abraço.

       

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: