RSS

noites

15 Abr

And I’m talking to myself at night
Because I can’t forget
Back and forth through my mind
Behind a cigarrette.

And the message coming from my eyes
Says leave it alone.

The White Stripes – Seven Nation Army

E é à noite quando vou para casa, sozinho, que vejo o quanto a minha vida está errada. Revejo na minha casa a minha alma, fria, solitária, amarga, silenciosa, oca de sentimentos, vazia de emoções, escura e, com tudo, embora sem nada. Penso e relembro cada momento de silêncio ensurdecedor que podia ter sido preenchido pelo amor do timbre da tua voz, cada momento de frieza solitária que podia ter sido preenchida pelo calor do teu corpo, cada momento amargo que podia ter sido preenchido pela doçura da tua alma, cada momento vazio que podia ter sido preenchido por ti… Penso como tudo poderia ter sido diferente, como tudo deveria ter sido diferente, em como lutei em vão por algo que me destruiu. Penso em me reconstruir para recomeçar a lutar por algo que dê significado de vida à minha própria vida. E sim, são nestas noites solitárias na companhia do meu cigarro que tudo se torna mais difícil mas sei que vencerei, um dia…

Advertisements
 
10 Comentários

Publicado por em 15 de Abril de 2012 em amor, luta, vida

 

Etiquetas: , ,

10 responses to “noites

  1. perolamagica

    15 de Abril de 2012 at 21:27

    Como te compreendo tão bem…

     
    • jorgemiguelcs

      16 de Abril de 2012 at 19:32

      As noites são sempre propícias para estarmos com alguém especial, juntinhos com as almas aquecidas pelo amor e pelo luar, passá-las sozinho custa tanto…

       
      • perolamagica

        16 de Abril de 2012 at 19:38

        É bom quando ha esse alguem especial de que falas…

         
        • jorgemiguelcs

          16 de Abril de 2012 at 19:47

          Houve… 😦

           
          • perolamagica

            16 de Abril de 2012 at 19:49

            Não te quero triste por causa de alguem que não merece…

             
            • jorgemiguelcs

              16 de Abril de 2012 at 20:02

              Sabes, merecer é relativo, durante muito, muito tempo não mereceu mas eu estive lá, a lutar e a perder, lutei além do limite à custa de muito sofrimento, muita dor e da minha própria sanidade… Agora está a mudar e talvez mereça mas as feridas ainda estão muito profundas, muito recentes e eu sinto medo, medo que me impede de sentir da mesma forma que eu sentia, com a mesma intensidade. É um paradoxo mas já não consigo, para já, se algum dia o irei conseguir, não sei. Eu sei que venci muitos medos para lutar, para estar ao lado dessa pessoa, mas é verdade, agora tenho medo, tenho medo daquilo que mais desejo, irónico, não é?

               
              • perolamagica

                16 de Abril de 2012 at 20:05

                Talvez se encontrares essa pessoa especial o medo desapareça…

                 
                • jorgemiguelcs

                  16 de Abril de 2012 at 20:13

                  Quero acreditar que sim… encontrar ou reencontrar. Primeiro tenho de me curar mentalmente, limpar todo estes maus sentimentos que me envenenam a alma para depois sim, pensar nisso.

                   
  2. julioantero

    16 de Abril de 2012 at 16:59

    É uma grande verdade já são mais as noites que não durmo que durmo, mas aumentei a quantidade de maços de tabaco que fumo porque e que nos amargura tanto ficarmos sem quem amamos e uma incognita

     
    • jorgemiguelcs

      16 de Abril de 2012 at 19:40

      Também já passei inúmeras noites em branco, a tentar entender, a tentar arranjar algo que me desse a paz que tanto precisava para, pelo menos, descansar a cabeça de noite.

       

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: