RSS

vida #67

29 Abr
Tenho Tanto Sentimento
.
Tenho tanto sentimento 
Que é frequente persuadir-me 
De que sou sentimental, 
Mas reconheço, ao medir-me, 
Que tudo isso é pensamento, 
Que não senti afinal. 
.
Temos, todos que vivemos, 
Uma vida que é vivida 
E outra vida que é pensada, 
E a única vida que temos 
É essa que é dividida 
Entre a verdadeira e a errada. 
.
Qual porém é a verdadeira 
E qual errada, ninguém 
Nos saberá explicar; 
E vivemos de maneira 
Que a vida que a gente tem 
É a que tem que pensar. 
.
Fernando Pessoa, in “Cancioneiro”


Anúncios
 
4 Comentários

Publicado por em 29 de Abril de 2012 em fernando pessoa, poesia, vida

 

Etiquetas: , ,

4 responses to “vida #67

  1. Alan

    29 de Abril de 2012 at 19:48

    Deixo mais um. Esse ajuda a perceber se vale a pena, reflita sobre sua vida seu passado e se os momentos que viveu valeram a pena, se você ainda sente falta, se você ainda pensa neles e se tem saudades.

     
    • jorgemiguelcs

      29 de Abril de 2012 at 20:13

      Apesar de tudo o que correu mal, de todo o sofrimento, sei que faria tudo outra vez. Não tenho dúvidas disso. Tudo ainda é saudade, muitos momentos inesquecíveis… Muita vontade de que tudo o que correu mal nunca tivesse acontecido mas não consigo superar isso, ultrapassar tudo o que me fez mal e assim não é possível construir uma vida…

       
      • Alan

        29 de Abril de 2012 at 20:34

        Sem tentar vovê nunca sabera se tudo poderia ser diferente, Você nunca vai conseguir ser feliz sua memoria vai estar sempre num passado doloriro e sofrido, nunca irà saber como seria seu presente com ela e seu futuro. Pode me chamar de sonhador 🙂 mas eu acredito que um amor como o que tu sentes por essa garota não vai terminar assim.

         
        • jorgemiguelcs

          30 de Abril de 2012 at 19:39

          Também já fui assim, sonhador e um idealista convicto. Acreditava que havendo amor tudo seria possível. Hoje ainda acredito nisso, lutei muito para que tudo fosse diferente, lutei muito além dos limites, se é que os há, e perdi muito, acho que numa fase até perdi a minha sanidade. E agora ainda me tento ir levantando aos poucos. Enquanto todas estas memórias de sofrimento me assombrarem, não derei capaz…

           

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: