RSS

Arquivos mensais: Julho 2012

música #40

Lindo…

The Rasmus – October & April ft. Anette Olzon

She was like april skies, sunrise in her eyes
Child of light, shining star, fire in her heart
Brightest day, melting snow, breaking through the chill
October and april
He was like frozen sky in october night
Darkest cloud, endless storm, raining from his heart
Coldest month, deepest cool tearing down the spring
October and april
Like hate and love
World’s apart
This fatal love was like poison right from the start
Like light and dark
World’s apart
This fatal love was like poison right from the start
We were like loaded guns
Sacrificed our lives
We were like love undone
Craving to entwine
Fatal touch
Final thrill
Love was bound to kill
October and april
 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 24 de Julho de 2012 em música

 

Etiquetas:

amor #62

“Se há tulipas no teu jardim
Serei o chão e a água que da chuva cai
Para te fazer crescer em flor, tão viva a cor
Meu amor eu sou tudo aqui…

The Gift – Primavera

 
2 Comentários

Publicado por em 19 de Julho de 2012 em amor

 

Etiquetas:

sorriso #3

“Hei-de te amar, ou então hei-de chorar por ti
Mesmo assim, quero ver te sorrir…

The Gift – Primavera

 
2 Comentários

Publicado por em 19 de Julho de 2012 em amor, sorriso

 

Etiquetas: ,

sorriso #2

“E se inventado, o teu sorriso for
Fui inventor
Criei o paraíso assim”

The Gift – Primavera

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 19 de Julho de 2012 em amor, sorriso

 

Etiquetas: ,

música #39

The Gift – Primavera

Sábado à noite não sou tão só
Somente só
A sós contigo assim
E sei dos teus erros
Os meus e os teus
Os teus e os meus amores que não conheci 

Parasse a vida
Um passo atrás
Quis-me capaz
Dos erros renascer em ti

E se inventado, o teu sorriso for
Fui inventor
Criei o paraíso assim

Algo me diz que há mais amor aqui
Lá fora só menti
Eu já fui de cool por aí
Somente só, só minto só

Hei-de te amar, ou então hei-de chorar por ti
Mesmo assim, quero ver te sorrir…
E se perder vou tentar esquecer-me de vez, conto até três
Se quiser ser feliz…

Se há tulipas
No teu jardim
Serei o chão e a água que da chuva cai
Para te fazer crescer em flor, tão viva a cor
Meu amor eu sou tudo aqui…

Sábado à noite não sou tão só
Somente só
A sós contigo assim

Não sou tão só, somente só

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 19 de Julho de 2012 em música

 

Etiquetas:

amor #61

“É certo, afinal de contas, que neste mundo nada nos torna necessários a não ser o amor.”

Johann Wolfgang von Goethe

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 13 de Julho de 2012 em amor, angústia, solidão

 

Etiquetas: , ,

sacrifício

“Um grande sacrifício é fácil, os pequenos sacrifícios contínuos é que custam.”

Johann Wolfgang von Goethe

E um grande sacrifício contínuo?

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 13 de Julho de 2012 em amor, vida

 

Etiquetas: ,

 
%d bloggers like this: