RSS

Sobre


Eu sou apenas eu, apenas mais um ser neste mundo. Um ser que erra e que acerta, que ama e que odeia, que chora e que ri, que sofre e que já fez sofrer, que se magoa e que já magoou… Um ser que saiu de uma espiral de autodestruição e que quer deixar de apenas existir para começar a viver, para tentar ser feliz e fazer alguém feliz. Eu sou apenas eu, um ser com cada vez menos dualidades, um ser que quer deixar a parte mecânica e racional da existência para entrar numa fase emocional e exótica da vida… Apenas quero começar a ser verdadeiramente feliz e aproveitar a vida. CARPE DIEM

 

16 responses to “Sobre

  1. Sandra

    18 de Abril de 2011 at 23:03

    Olá Jorge.
    Atrevo-me a escrever… Achei o seu blog lindo, e mais que lindo encontrei-me nele. Fiz suas as minhas palavras, seus os meus sentimentos. So não sei encontrar o caminho que me leve a viver e a ser feliz comigo e com os outros. Encontro-me deprimida, completamente sozinha e à beira do desespero… mas contigo, sei que não sou a unica. Estou farta desta maldita doença que me leva todas as minhas forças… só quero esquecer que existo.

     
    • jorgemiguelcs

      19 de Abril de 2011 at 20:02

      Olá Sandra.

      Ainda bem que gostaste do blog, sempre que queiras voltar ou comentar ou apenas desabafar, és bem vinda. A mim faz-me bem escrever, exteriorizar as mágoas que me atormentam. Acredita que a cura é um processo longo e penoso e, acho que nunca é totalmente porque parece que estamos mais frágeis, o mínimo acontecimento mau é suficiente para nos voltar a derrubar. Embora eu já esteja em processo de recuperação, ainda não estou bem e sei que ainda não sou feliz e, sinceramente, também não tenho forças para lutar para o ser, mas vou conseguir por mais que demore. Não faças como eu, sento-me sozinho e isolo-me mais ainda. Prejudicou a minha vida pessoal e a minha vida profissional. Afastei-me de tudo e de todos, não tinha gosto nem vontade em fazer nada, ainda não tenho mas vou fazendo. Eu sei que falar é fácil mas eu vou conseguindo, uns dias pior outros dias melhor… Espero que consigas, o pior é arranjar forças para o fazer, mas é preciso ser forte. É preciso viver e não existir apenas. Coragem. CARPE DIEM. Não estás sózinha…

       
  2. Luísa Nogueira

    18 de Junho de 2011 at 21:27

    Pois não. Nunca estamos sózinhos em nada na vida. Coragem aos dois e a todos os que se revêm aqui.

     
    • jorgemiguelcs

      19 de Junho de 2011 at 17:44

      Obrigado Luísa.
      Nunca estamos sozinhos mesmo que nos forcemos à solidão. A pior solidão é quando nos sentimos sós mesmo no meio da multidão, porque quem queremos não está… na multidão. É como dizia Camões sobre o amor: “é um andar solitário entre a gente”
      Penso que muita gente não exterioriza o que sente, eu achei este escape, sei que não é o melhor mas ajuda…

       
  3. Vera Lucia Guedes O´Neill

    4 de Setembro de 2011 at 18:17

    Olá Jorge Miguel,
    Parabéns por seu excepcional trabalho neste blog
    Estou impressionada, seu blog conseguiu me seduzir por mais de 3 horas. Impressionada como me identifico com seus pensamentos, suas angustias, e sua franqueza. Apaixonante.Obrigada por estar lá, por escrever coisas que minha alma clama. Abraço

     
    • jorgemiguelcs

      5 de Setembro de 2011 at 19:42

      Olá Vera,
      Obrigado pelas tuas palavras, ainda bem que gostas, sempre que queiras, volta. Houve tempos em que achei que eu não era normal por sentir estas emoções que me corroem, muitas deles contraditórias entre si, mas já percebi que não sou o único com estes sentimentos. Gostava que ninguém as sentisse porque são muito fortes, muito maus… Desejo a maior felicidade para a tua alma, para a minha e para todas as almas torturadas.

      Abraço.

       
  4. Carmen Di Moraes

    13 de Março de 2012 at 15:29

    Ola meu amigo, gostei do teu blog, e eu mais que ninguém sei como se sente, quando a alma chora… Quando escrevi esse poema a minha alma estava destroçada, mas o tempo passa e com ele vem as curas, também para a nossa alma…Espero que o seu coraçãozinho e sua alma estejam bem…
    Um abraço, sou a autora de Alma que chora, Carmen Di Moraes…

     
    • jorgemiguelcs

      13 de Março de 2012 at 23:32

      Olá Carmen, ainda bem que gostaste do blog, és bem vinda sempre que te apetecer voltar. Adorei aquele poema, revi-me naquelas palavras, a cada palavra uma lágrima derramava. Também espero por essa cura, o tempo transforma tudo em tempo, todas as mágoas, todas as dores e todos os sofrimentos, espero que o tempo me traga essa tão esperada cura. Espero que a tua cura já tenha chegado e que o teu coração já não sofra e que a tua alma já não chore e, se chorar, que seja de alegria.
      Fica bem Carmen e um abraço.

       
      • Carmen Di Moraes

        21 de Junho de 2012 at 18:07

        Olá meu querido amigo, posso chama-lo assim??? O melhor remédio é o tempo, e uma pergunta que não quer calar: essa pessoa merece todo esse sofrimento??? Chore, chore muito, enquanto se achar coitadinho??? Depois será a hora e levantar a cabeça, dar a volta por cima e ter alguém que mereça o seu amor e você, com toda essa bagagem de emoções, essa pessoa linda que você é… O tempo passa meu querido amigo, e quando vemos já passaram 50 anos, eu estou com 67 anos. Hoje com o coração tranquilo… mas ainda amando, chorei os amores perdidos, mas bendigo os achados… Fique bem, meu amigo, um abraço… Carmen D Moraes

         
        • jorgemiguelcs

          25 de Junho de 2012 at 23:37

          Olá Carmen,
          é uma pergunta complicada, se merece todo este sofrimento… apesar de tudo penso que sim, sei que noutras circunstâncias tudo seria diferente, e eu lutei tanto para que essas circunstâncias acontecessem. Eu sei, o tempo me trará paz, me trará respostas, sei que já estou bem melhor embora saiba que não estou curado. Sei que já vou levantando a cabeça, apesar de tudo o que de mal ainda está dentro da minha alma. Desejo-lhe o que espero para mim: muita felicidade. Fique bem amiga Carmen.

           
  5. anatriste1

    12 de Abril de 2012 at 8:42

    Não estás sozinho já somos dois neste mundo cheio de crueldade, mas temos que ir buscar forças um abraço meu amigo

     
    • jorgemiguelcs

      12 de Abril de 2012 at 20:09

      Olá Ana, é preciso muita força mesmo, nem sempre a temos… espero que em breve mudes de anatriste1 para anafeliz1. Um dia lá chegaremos.
      Abraço.

       
  6. Suely Xavier

    16 de Novembro de 2012 at 3:43

    Olá Jorge Miguel!
    Estava procurando informações na internet sobre minha doença e encontrei seu blog! Quero lhe dizer que você me encorajou muito a me submeter a cirurgia para correção da coluna! É muito difícil estar completamente dependente, não poder levantar e olhar o sol pela janela, sem poder simplesmente caminhar pelo meu quarto. Mas, sou mais forte que a tristeza (que me ronda, pronta para se instalar definitivamente em meus pensamentos e em meu coração) e tenho ao meu lado uma pessoa muito especial que me dá força pra continuar resistindo bravamente a solidão que essa doença me impôs! Hj fazem oito dias que operei e resolvi comemorar lhe escrevendo! Abraços.

     
    • jorgemiguelcs

      17 de Novembro de 2012 at 19:45

      Olá Suely, fico contente por lhe ter encorajado a ter força para realizar a cirurgia. Espero que tudo corra bem e que muito brevemente vença essa solidão imposta e que saia para apreciar tudo o que o mundo tem para oferecer e não apenas viver isso apenas da janela de um quarto. Que tudo corra bem e as melhoras rápidas.

      Abraços.
      Jorge Miguel.

       
  7. Carmen

    18 de Fevereiro de 2014 at 0:05

    olá meu amigo, a muito tempo que não te visito. E aí amigo, como está esse teu coraçãozinho, ainda sofrendo, ou um pouco mais alegre???

    Um abraço da amiga
    Carmen Di Moraes

     
    • jorgemiguelcs

      19 de Março de 2014 at 11:24

      Olá amiga Carmen,

      espero que esteja tudo bem contigo.
      Este meu coração ainda não está bem, mas todo o dia luto para isso. Ainda há nuvens do passado que fazem sombra no sol da felicidade. Tento afastar-me de tudo mas não é a solução. Acredito que a felicidade ainda me aguarda…

      Um abraço e fica bem amiga Carmen

       

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: