RSS

Arquivo da Categoria: alma

alma #20

…I heard your voice through a photograph
I thought it up it brought up the past
Once you know you can never go back
I’ve got to take it on the otherside…

Red Hot Chili Peppers – Otherside

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 12 de Agosto de 2012 em alma, memória, tempo

 

Etiquetas: , ,

alma #19

“I got a heart full of pain
Head full of stress
Hand full of anger
Held in my chest
And everything left is a waste of time
I hate my rhymes
But hate everyone else’s more
I’m riding on the back of this pressure
Guessing that it’s better
That I can’t keep myself together
Because all of this stress
Gave me something to write on
The pain gave me something I could set my sights on
You never forget the blood sweat and tears
The uphill struggle over years
The fear and trash talking
And the people it was to
And the people that started it just like you”
.

Linkin Park – Nobody’s Listening

god_of_pain_by_optic_echo

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 2 de Agosto de 2012 em alma, dor

 

Etiquetas: ,

alma #18

Lights go down, it’s dark
The jungle is your head
Can’t rule your heart
A feeling is so much stronger than
A thought
Your eyes are wide
And though your soul
It can’t be bought
Your mind can wander

U2 – Vertigo

 
3 Comentários

Publicado por em 3 de Junho de 2012 em alma

 

Etiquetas:

memórias #6

…Aqui ao luar,
Ao pé de ti,
Ao pé do mar…

Xutos & Pontapés – Aqui Ao Luar

memórias…

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 24 de Maio de 2012 em alma, amor, memória, vida

 

Etiquetas: , , ,

um pouco de paz…

Algo de que tanto preciso, de alguma paz…

Black Lab – This Night

There are things
I have done
There’s a place
I have gone
There’s a beast
And I let it run
Now it’s running away
There are things
I regret
But you can’t forgive
You can’t forget
There’s a gift
That you send
You send it my way
So take this night
Wrap it around me like a shield
I know I’m not forgiven
And I need a place to sleep
So take this night
And lay me down on the street
I know I’m not forgiven
But I hope that I’ll be given some peace
There’s a game
That I play
There are rules
I had to break
There’s mistakes
That I made
But I made them my way
So take this night
Wrap it around me like a shield
I know I’m not forgiven
But I need a place to sleep
So take this night
And lay me down on the street
I know I’m not forgiven
But I hope that I’ll be given some peace
Some peace
Some peace
 
2 Comentários

Publicado por em 17 de Maio de 2012 em alma, música, paz

 

Etiquetas: , ,

carta… à minha alma

Vai alma, vai, percorre dolorosamente essa via sacra que é a tua vida. Percorre cada palmo, cada centímetro penoso desse caminho errante na mais solitária das solidões. Bem tentas encontrar outra sombra que faça companhia à tua mas não, não encontras nenhuma sombra que queira a companhia da tua. Tudo te dói, tudo te fere, tudo te magoa nesse longo percurso. Cada vez que tentas levantar-te algo ou alguém te desfaz, te desfragmenta mais ainda essa alma. Para ti minha alma, que tanto sofres, que tanto mereces, embora nem sempre o aches, para ti, desejo que te levantes, que faças esse percurso de uma só vez pois, no fim, lá estará à tua espera esse arco-íris da felicidade. Deixarás de ver todo esse cinzento e preto com que pintas e te pintam a vida para veres todas essas cores desse arco-íris que te parece tão utópico, tão irreal, tão longínquo… Mas quero que saibas que existe, que está ao teu alcance, que és capaz de lá chegar. Desejo-te que lá chegues pois alma, tu és eu e eu sou tu. Eu sou o corpo e mente a quem dás vida, mas tens de estar bem minha alma, para que eu também o esteja.

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 16 de Maio de 2012 em alma, dor, eu, vida

 

Etiquetas: , , ,

Revolucão da alma

Ninguém é dono da sua felicidade, por isso não entregue a sua alegria, a sua paz, a sua vida, nas mãos de ninguém, absolutamente ninguém. Somos livres, não pertencemos a ninguém e não podemos querer ser donos dos desejos, da vontade ou dos sonhos de quem quer que seja. A razão da sua vida é você mesmo. A sua paz interior é a sua meta de vida… Quando sentir um vazio na alma, quando acreditar que ainda está faltando algo, mesmo tendo tudo, remeta o seu pensamento para os seus desejos mais íntimos e busque a divindade que existe em si. Pare de colocar a sua felicidade cada dia mais distante de você. Não coloque o objectivo longe demais de suas mãos, abrace os que estão ao seu alcance hoje. Se andar desesperado por problemas financeiros, amorosos, ou de atribulados relacionamentos familiares, busque no seu interior a resposta para se acalmar. Você é o reflexo do que pensa diariamente. Deixe de pensar mal de si mesmo e seja o seu melhor amigo sempre… Sorrir significa aprovar, aceitar, felicitar. Então, ponha um sorriso, para aprovar o mundo que lhe quer oferecer o melhor… Com um sorriso no rosto as pessoas terão a melhor das impressões de si, e você estará afirmando a si mesmo que está “pronto“ para ser feliz. Trabalhe, trabalhe muito a seu favor. Pare de esperar a felicidade sem esforços. Pare de exigir das pessoas aquilo que nem você conquistou ainda. Critique menos, trabalhe mais. E não se esqueça, nunca, de agradecer. Agradeça tudo o que faz parte da sua vida neste momento, inclusive a dor que possa sentir. A nossa compreensão do universo, ainda é muito pequena para julgar o que quer que seja na nossa vida. A grandeza não consiste em receber honras, mas em merecê-las…

Aristóteles

 
2 Comentários

Publicado por em 14 de Abril de 2012 em alma, Aristóteles, vida

 

Etiquetas: , ,

 
%d bloggers like this: