RSS

Arquivo da Categoria: fuga

fuga #2

“Foges em companhia de ti próprio:

é de alma que precisas de mudar, não de clima.”

Seneca

Como entendo, tentei mudar o mundo e falhei, tentei mudar o meu mundo e falhei, tentei fugir do mundo e isolei-me mas tudo me perseguia, todo o sofrimento me acompanhou, tentei fugir de mim mas não é possível, só me resta… mudar a minha alma, o meu ser, a minha essência.

Anúncios
 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 20 de Fevereiro de 2012 em eu, fuga, seneca

 

Etiquetas: , ,

lições do abismo III

Já vou mais ou menos a meio do livro (Daniel Sampaio – Lições do abismo), começo a entender melhor o sofrimento das pessoas que convivem com quem sofre, por exemplo, de uma depressão. Ver ali alguém de quem gostamos a sofrer e não sabermos o que fazer, o que dizer, ou simplesmente como ajudar. Muitas vezes é impossível ajudarmos, só a pessoa é que se pode auto ajudar. Mas, estarmos ali, impotentes, a ver alguém sofrer também é doloroso. Falo por mim quando digo que houve momentos em que não havia nada que ninguém pudesse dizer que me fizesse sentir melhor. Só a causa da depressão, se acabasse, me faria sentir melhor. E, agora, penso nas pessoas que me amavam e que sofreram porque eu não estava bem. O que dizer quando não se sabe o que dizer? O que fazer quando não se sabe o que fazer? Como ajudar, se não se sabe como? Será que o silêncio é melhor? Será que dizer algo errado é melhor do que não dizer nada? Sei que não foi justo para as pessoas que conviviam comigo mas, a culpa também não era minha de estar com depressão, eu não controlo isso. Se controlasse nunca optaria por passar por uma depressão. Era eu a tentar afastar-me e eles a sofrer com o meu afastamento. Arrastamos os outros para o nosso vortex de sofrimento. É difícil para mim e para quem comigo convive, desgastante até mas a cura é possível, apesar de lenta e penosa… Este abismo que a depressão causa entre o nosso ser e o mundo é enorme…

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 7 de Julho de 2011 em daniel sampaio, depressão, eu, fuga

 

Etiquetas: , , ,

loucura II…

Bought a ticket for a runaway train
Like a madman laughin’ at the rain
Little out of touch, little insane
Just easier than dealing with the pain
.
 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 21 de Junho de 2011 em fuga, loucura

 

Etiquetas: ,

fuga…

Não posso fugir do meu maior inimigo

Não posso escapar ao meu maior inimigo

Não posso fugir nem escapar

De… mim mesmo…

Da minha alma…

Do meu ser…

Soul Asylum – Runaway Train

Call you up in the middle of the night
Like a firefly without a light
You were there like a slow torch burning
I was a key that could use a little turning
So tired that I couldn’t even sleep
So many secrets I couldn’t keep
Promised myself I wouldn’t weep
One more promise I couldn’t keep
It seems no one can help me now
I’m in too deep
There’s no way out
This time I have really led myself astray
(Chorus)
Runaway train never going back
Wrong way on a one way track
Seems like I should be getting somewhere
Somehow I’m neither here nor there
Can you help me remember how to smile
Make it somehow all seem worthwhile
How on earth did I get so jaded
Life’s mystery seems so faded
I can go where no one else can go
I know what no one else knows
Here I am just drownin’ in the rain
With a ticket for a runaway train
And Everything seems cut and dry
Day and night, earth and sky
Somehow I just don’t believe it
(Chorus)
Runaway train never going back
Wrong way on a one way track
Seems like I should be getting somewhere
Somehow I’m neither here nor there
Bought a ticket for a runaway train
Like a madman laughin’ at the rain
Little out of touch, little insane
Just easier than dealing with the pain
(Chorus)
Runaway train never going back
Wrong way on a one way track
Seems like I should be getting somewhere
Somehow I’m neither here nor there
Runaway train never comin’ back
Runaway train tearin’ up the track
Runaway train burnin’ in my veins
Runaway but it always seems the same
 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 21 de Junho de 2011 em eu, fuga, música, soul asylum

 

Etiquetas: , , ,

 
%d bloggers like this: