RSS

Arquivo da Categoria: perdão

perdão IV

“Forgiveness means giving up all hope for a better past”

Jack Kornfield

Perdão implica aceitar um passado que, de qualquer modo, nos lesou, magoou ou feriu. Penso que não significa acharmos que não poderíamos ter tido um passado melhor. Perdoar e aceitar dá-nos uma certa paz porque nos é impossível alterar os acontecimentos do passado. Sermos perdoados também é importante para a nossa paz interior. Outra tarefa bem árdua é perdoarmo-nos a nós próprios. Para algumas pessoas perdoar é quase impossível, mas vivem num constante tormento de raiva e ódio da pessoa a quem não perdoam. Eu também vivo neste tormento constante porque não sou capaz de me perdoar a mim mesmo. O acto do perdão é um processo, por vezes longo e demorado, algo que temos simplesmente de aceitar, o passado é imutável. Claro que custa viver com o passado que não foi como queríamos, custa viver o presente com a mágoa e dor do passado e, custa muito mais, viver um futuro em não conformidade com o sonho desfeito pelo passado. Perdoar é preciso, para nos libertarmos das amarras que nos prendem a uma mágoa e que nos impede de construir um futuro alternativo, que pode ser melhor ou pior mas é um futuro sem mágoas e culpas passadas. Perdoar é deixar o passado voar nas areias do tempo, é guardar o bom e aceitar o mal, esquecendo-o…

não perdoarmos ou não sermos perdoados é levar o peso de uma culpa ou uma mágoa connosco através da linha infinita do tempo

Anúncios
 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 27 de Julho de 2011 em culpa, eu, perdão

 

Etiquetas: , ,

perdão III

“Let yourself remember and visualize the ways you have hurt others. See the pain you have caused out of your own fear and confusion. Feel your own sorrow and regret. Sense that finally you can release this burden and ask for forgiveness. Take as much time as you need to picture each memory that still burdens your heart. And then as each person comes to mind, gently say: 
I ask for your forgiveness, I ask for your forgiveness.” 

Jack Kornfield (The Art of Forgiveness, Lovingkindness, and Peace)

culpa...

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 27 de Julho de 2011 em Jack Kornfield, perdão

 

Etiquetas: ,

perdão II

“Forgiveness means giving up all hope for a better past”

Jack Kornfield

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 27 de Julho de 2011 em Homem, Jack Kornfield, perdão, tempo, vida

 

Etiquetas: , , ,

Perdão

Eu sou aquela flor
Plantada no jardim do teu coração,
aquela rosa que tanto estimavas!
Regavas-me com a mais pura amizade,
o teu carinho e confiança
eram o adubo que me fortalecia.
Fazias tudo para que eu não morresse,
a tua rosa não podia murchar.
Um dia eu errei!
E deixei de ser a tua rosa…
Lançaste-me fora do teu jardim
e não me perdoaste.
Não me perdoaste por eu ser a tua rosa
de que tanto gostavas,
mas lembra-te: as rosas também erram
como tu erraste
quando me demitiste do teu jardim.
No entanto, recordo-te:
Eu não sou a rosa,
sou a voz de uma amiga
a quem não perdoaste uma falha
e que, talvez tantas falhas
no passado te tenha perdoado.
PERDOA-ME.

Desconheço autor

 
4 Comentários

Publicado por em 28 de Fevereiro de 2011 em perdão, poesia

 

Etiquetas: ,

 
%d bloggers like this: