RSS

Arquivo de etiquetas: alma

o vazio #2

Esta música…

faz-me sonhar, e tenho o pesadelo da tua distância…

faz-me voar para ti, e encontro o vazio da tua ausência…

faz-me ouvir a tua voz, e escuto o teu silêncio…

faz-me aquecer a alma, e sinto a frieza da tua fuga

faz.me sofrer…

Anúncios
 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 4 de Abril de 2012 em alma, amor

 

Etiquetas: ,

olhar #2

E os meus olhos serenos, enigmáticos
Meninos que na estrada andam perdidos,
Dolorosos, tristíssimos, extáticos,
São letras de poemas nunca lidos…

Florbela Espanca, in “A Mensageira das Violetas”

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 31 de Março de 2012 em alma, olhos, tristeza

 

Etiquetas: , ,

amor, sonho e vida

Só há uma condição que pode fazer com que sintamos que a realidade da vida seja mais bonita que o mais lindo dos sonhos, essa condição é o amor…

.

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 31 de Março de 2012 em alma, sonho, vida

 

Etiquetas: , ,

paz

“A paz não significa estar num lugar onde não há nenhuma confusão, barulho, ou trabalho árduo. Significa estar no meio de todas essas coisas e ainda assim ter o coração calmo.”

É o meu próximo passo, a paz interior. Consigo sentir guerra dentro de mim ainda que envolto em paz exterior. Todo este passado me rouba a paz que tanto tenho desejado.

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 31 de Março de 2012 em alma, eu, paz

 

Etiquetas: , ,

hoje sinto…

hoje sinto-me destruído por quem me devia ter construído

hoje sinto-me abandonado por quem me devia ter acolhido

hoje sinto-me morto por quem me devia ter dado vida

hoje sinto-me entrestecido por quem me devia dar a felicidade

hoje sinto-me traído por quem eu confiei e devia ter confiado

hoje sinto-me nada por quem me devia ter feito sentir tudo

hoje sinto-me mal quando devia sentir-me bem…

 
2 Comentários

Publicado por em 15 de Fevereiro de 2012 em alma, eu

 

Etiquetas: ,

Na Solidão da Noite

Caminho pela noite solitário.

Sem temer a escuridão…

Ouço meus passos na solidão…

Onde minha alma é envolvida por sonhos sanguinários.

Sou a sombra que envolve o seu sonho…

Sou a morte que leva tua vida,

Com um beijo de minha boca gélida…

E ao final da noite estou sozinho…

Vivo na escuridão,

Só a espera de uma alma,

Na qual trará a calma,

Ao meu coração perturbado pela solidão…

Meus desejos vagam por essas noites,

Em busca de um amor,

No qual possa me tirar essa dor…

Minha alma melancólica,

É vitima da saudade de outrora…

Hoje só me resta esse coração que chora,

Por um tempo que não volta…

Lady of the Night

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 14 de Fevereiro de 2012 em alma, dor, solidão, spectrumgothic

 

Etiquetas: , , ,

suicídio #3

É uma resposta aos que chamam ao suicídio um fim de cobardes e de fracos, quando são unicamente os fortes que se matam! Sabem lá esses pseudo-fortes o que é preciso de coragem para friamente, simplesmente, dizer um adeus à vida, à vida que é um instinto de todos nós, à vida tão amada e desejada a despeito de tudo, embora esta vida seja apenas um pântano infecto e imundo! 

“Correspondência (1916)”
Florbela Espanca

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 27 de Janeiro de 2012 em alma, florbela espanca, morte, sociedade, vida

 

Etiquetas: , , , , ,

 
%d bloggers like this: